Flores raras

Lindezas! Depois desse final de semana regado a preguicinha e filmes, vamos começar a semana com Café Cultura! ❤

cafe-cultura

O filme escolhido foi: Flores Raras, brasileiro e baseado em um livro homônimo.

Conta a história de romance entre a poetiza Elisabeth e a arquiteta/paisagista Lota. Apesar de ser um filme brasileiro e rodar quase todo no Rio de Janeiro, o filme é todo em inglês e conta com nossa queridíssima Gloria Pires.

Retrata a alta sociedade brasileira dos anos 50/60, com toques de politicagem e criação de Brasília e o Parque do Flamengo. Trata com beleza e muita naturalidade (o que pra época ainda era muito tabu) o relacionamento entre as duas mulheres, regado de amor e poemas lindos.

Com uma fotografia excelente e o figurino de tirar o fôlego, o filme encanta em todos os sentidos. Principalmente por retratar puramente o amor.

lo
“The shooting stars in your black hair, in bright formation, are flocking where, so straight, so soon?”

Recomendo muito, além disso Gloria Pires está mais linda do que nunca. Uma taça de vinho combina com o filme e com as emoções que ele traz!

Espero que gostem e boa semana!! Beijoca!

 

Despida

Oii gentes! Vamos pegando um cafézinho e relaxando, que hoje nosso papo vai ser bem gostoso e super ligado a arte.

Aqueles que já me conhecem a bastante tempo, sabem que eu sou uma pessoa sem pudores. Para os que não conhecem ainda, vou dizer agora algumas coisas sobre mim:

  • Eu não tenho pudores, hahaha.
  • Sou apaixonada por arte desde que me conheço por gente.
  • Fiz um semestre de fotografia na faculdade, logo quando me formei no ensino médio. Queria me especializar em nu artístico.Sempre fui apaixonada por essa linha de fotografia e de arte. Quando tranquei o curso, decidi que não ia mais fotografar, só iria ser fotografada e faria um ensaio nu quando encontrasse o artista certo.

Passou um bom tempo, fiz ensaios sensuais que gostei, mas um tipo de arte diferente do que eu vinha imaginando. No ano passado conheci um artista de SP ótimo, me apaixonei pelo trabalho dele, mas ele não tinha agenda. 😦

Até que na semana passada a sorte “bateu na minha porta”. Uma menina que participa do nosso grupo de mocinhas, fez um convite pra gente conhecer o trabalho do Ale Ruaro.

O Ale Ruaro é fotografo no campo das artes. Ele focou o trabalho dele em nu artístico e se especializou nisso nos últimos 20 anos. Tem diversos prêmios internacionais, além de um olhar absurdo pra fotografia.

Fiquei maravilhada de poder posar pra ele nesse final de semana, de poder participar do projeto Naked Friends. Além de apaixonada pelo resultado das fotos, claro.

Fazer o ensaio me trouxe uma segurança monstruosa, que eu já tinha, mas que foi reforçada. Ver o resultado, me fez enxergar uma Luiza diferente e sem dúvidas me fez ficar mais apaixonada por mim do que eu já era. O Ale sem dúvidas despertou o melhor lado que tinha em mim, e trouxe pra fora o que estava escondido, hehe.

AleRuaro_023474

O Naked Friends é um projeto de  que consiste basicamente em amigos e amigos de amigos em nu artístico. A ideia do projeto é a quebra de paradigmas e preconceitos, para as pessoas se despirem de corpo e alma. O nu que é belo e puro, sem sensualismo e sexologia, mas sim a verdadeira beleza das pessoas que se despem por inteiro. Desse projeto lindo e livre de preconceitos já participaram mais de 100 pessoas até agora, entre homens e mulheres. O artista já possui 4 livros auto publicados, e a próxima publicação será um compilation de mais ou menos 60 mulheres.

bruna
Essa é a Bruna, minha amiga, que também posou pro Ale essa semana! 🙂

O novo livro tá no Catarse e pode ser comprado antecipadamente, ajudando assim na arrecadação para o lançamento do mesmo.

https://www.catarse.me/aleruaro

E é claro, o Ale tá no facebook e instagram e vocês podem acompanhar o trabalho maravilhoso que ele faz por lá!

Vale lembrar que todas as fotos são de autoria do Ale Ruaro e são reproduzidas com autorização do mesmo.

Eu sei que é um tanto quanto peculiar falar  sobre isso, mas o mundo anda muito cheio de coisinhas chatas e é tão difícil encontrar pessoas que apreciem arte de verdade. Bom poder dividir com vocês queridos, um pouquinho das minhas peculiaridades e o trabalho maravilhoso de um novo amigo, que essas troquinhas sirvam de inspiração pra quem sabe um ensaio no futuro. Se não, pelo menos apreciar com menos preconceito. 🙂

Um beijo enorme!

emma