Muito mais que um grupo feminista.

O Entre nós está perto de completar seu primeiro ano. E preciso expressar o quanto ele é mágico.

celebrate

Acho que de todas as coisas que já fiz, a última coisa que pensei em fazer com certeza foi montar, junto com a Monique, um grupo para mulheres. Com cunho feminista mas principalmente voltado para ajudar, engrandecer e ter mais mulheres unidas.

No início tinha medo de não conseguir lidar com isso, ou que o grupo não vingasse e fosse virar um vazio. Eu estava mais do que enganada. O grupo criou forma, jeito e cada dia mais ele pertencia a todas as meninas que estavam ali, afinal de contas ele existe para todas.

Mais do que um grupo feminista, o entre nós virou um lugar seguro para desabafos, conversas, apoios, curas internas. Ele serve como uma linda rede de apoio entre as mulheres que ele frequentam.

A cada novo dia, novas postagens, novas membros, eu sinto uma felicidade latente de ter feito algo tão importante e significativa pra tantas mulheres. Dividir esse grupo com todas elas é algo surreal de bom, ver a presença de cada uma, novos assuntos, todas se abrindo e se sentindo confortáveis é o que faz a gente pensar que faz um bom “trabalho”.

Nem tudo são rosas, existem diferenças, desavenças e discussões, que fazem com que a gente abra mais os olhos e se adapte (ou tente) ao que é solicitado. É claro que é impossível agradar a todas, mas nos cobramos para que ele fique o mais seguro possível.

Nessas duas últimas semanas não consegui guardar o choro, diante de tantos feedbacks positivos relacionados ao grupo, mesmo sabendo que o grupo é de todas, tivemos várias mensagens que nos mostraram que estamos “fazendo a coisa certa” e cuidando para que o grupo continue sempre sendo um refugio para as que participam.

Criamos uma rede de pessoas que se conectam, se reconhecem na história da outra, que se ajudam, que empoderam, que lutam pelas mesmas coisas e ideias e principalmente que desenvolvem amor e empatia sem conhecer a próxima, estendem a mão e não pedem nada em troca.

sororidade

O sentimento é puramente de gratidão por toda essa troca mágica, por todas as mulheres maravilhosas que fazem ele ser assim, tão cheio de conteúdo e amor, isso sem contar a Monique que foi a maior incentivadora da criação dele e que abraçou junto, e sem dúvida as outras moderadoras, que aceitaram nosso convite e cuidam do grupo com todo carinho.

O Entre nós não seria nada se não fossem todas as mulheres maravilhosas que fazem parte dele. E eu teria uma alegria a menos na vida se não fosse o Entre nós. ❤

Um beijo enorme, e até o próximo café! 🙂

bejioemma

Anúncios

Autor: Lu Bilhalva

Sou a Luiza e, assim como o café, gosto quando as coisas são fortes, intensas e quentes. Gremista não fanática, gaúcha, estudante de Psicologia, feminista e virginiana, além de adorar um papo, não nego um café e um chimarrão. Sou viciada em seriados, livros e filmes. Senti a necessidade de devanear nesse blog pra dividir um pouquinho da minha bagunça interna com o mundo. Dentro de um mesmo corpo há espaço para várias versões de mim mesma.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s