Fecha 2016!

2016 o ano da urucubaca. Ele que foi cagado pra todo mundo, até pra Dilma, tadinha que foi impeachmada no meu aniversário e substituída pelo Voldemort. Mas entre mortos e feridos, todos vivos para encerrar esse ano.

2016

Esse ano foi acho que um dos mais difíceis de lidar pra mim, principalmente por que apesar de ter várias pessoas ao meu redor, foi o ano que decidi ser mais sozinha, e foi MEGA difícil, sofrido e libertador.

Passei por processos intensos de libertamento, de guardar coisas pra mim e resolver meus problemas sozinha e isso foi mágico, ver que podia fazer tudo sozinha. Logicamente isso me fez mais dura e independente que nunca.

PORÉM, conheci pessoas excepcionais que foram primordiais para todo esse processo, além é claro, das outras pessoas maravilhosas que já viviam comigo. Todos os anos eu vivo aquele cliché básico de dizer que sou rodada de pessoas incríveis, o que é a mais pura verdade. Eles me completam, me enchem de amor e aceitam o amor que tenho para dar. Essa é a maior prova de que podemos ser completos sozinhos e em grupo.

Se eu colocar na ponta do lápis e fizer a contabilidade de 2016, provavelmente o saldo vai dar positivo, ÓBVIO, porquê amor é sempre positivo e limpa todas as coisas ruins. Mas acontece que ele foi ruim, mas as coisas boas foram tão boas, que não dá tempo pra ficar pensando no pior.

Evolução constante e distribuir aquilo que a gente tem de melhor sempre, né?

Em 2017 a gente faz aquele esforço pra ser bem melhor e ter um karma bom, quem sabe assim o ano seja 100% bom né? Maaaaaaaas, lembrando que, não adianta nada ter a felicidade se a gente não passa pela tristeza.

Desejo então meus queridos, que todos tenham um excelente final ano, que o Natal seja cheio de Luz, Amor e Paz, que é o principal motivo, celebrar o Nascimento de Jesus! Que o Novo Ano venha cheio de novos momentos para fazer a diferença e mudar aquilo que ainda não conseguimos, para aceitar a diferença, para amar o outro como a gente ama a gente e principalmente, que tenha muito mais café para que a gente possa dividir.

Um beijo cheio de amor e carinho!
Lulu.

rihanna-piscina-dando-tchauy

Anúncios

Autor: Lu Bilhalva

Sou a Luiza e, assim como o café, gosto quando as coisas são fortes, intensas e quentes. Gremista não fanática, gaúcha, estudante de Psicologia, feminista e virginiana, além de adorar um papo, não nego um café e um chimarrão. Sou viciada em seriados, livros e filmes. Senti a necessidade de devanear nesse blog pra dividir um pouquinho da minha bagunça interna com o mundo. Dentro de um mesmo corpo há espaço para várias versões de mim mesma.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s