Fecha 2016!

2016 o ano da urucubaca. Ele que foi cagado pra todo mundo, até pra Dilma, tadinha que foi impeachmada no meu aniversário e substituída pelo Voldemort. Mas entre mortos e feridos, todos vivos para encerrar esse ano.

2016

Esse ano foi acho que um dos mais difíceis de lidar pra mim, principalmente por que apesar de ter várias pessoas ao meu redor, foi o ano que decidi ser mais sozinha, e foi MEGA difícil, sofrido e libertador.

Passei por processos intensos de libertamento, de guardar coisas pra mim e resolver meus problemas sozinha e isso foi mágico, ver que podia fazer tudo sozinha. Logicamente isso me fez mais dura e independente que nunca.

PORÉM, conheci pessoas excepcionais que foram primordiais para todo esse processo, além é claro, das outras pessoas maravilhosas que já viviam comigo. Todos os anos eu vivo aquele cliché básico de dizer que sou rodada de pessoas incríveis, o que é a mais pura verdade. Eles me completam, me enchem de amor e aceitam o amor que tenho para dar. Essa é a maior prova de que podemos ser completos sozinhos e em grupo.

Se eu colocar na ponta do lápis e fizer a contabilidade de 2016, provavelmente o saldo vai dar positivo, ÓBVIO, porquê amor é sempre positivo e limpa todas as coisas ruins. Mas acontece que ele foi ruim, mas as coisas boas foram tão boas, que não dá tempo pra ficar pensando no pior.

Evolução constante e distribuir aquilo que a gente tem de melhor sempre, né?

Em 2017 a gente faz aquele esforço pra ser bem melhor e ter um karma bom, quem sabe assim o ano seja 100% bom né? Maaaaaaaas, lembrando que, não adianta nada ter a felicidade se a gente não passa pela tristeza.

Desejo então meus queridos, que todos tenham um excelente final ano, que o Natal seja cheio de Luz, Amor e Paz, que é o principal motivo, celebrar o Nascimento de Jesus! Que o Novo Ano venha cheio de novos momentos para fazer a diferença e mudar aquilo que ainda não conseguimos, para aceitar a diferença, para amar o outro como a gente ama a gente e principalmente, que tenha muito mais café para que a gente possa dividir.

Um beijo cheio de amor e carinho!
Lulu.

rihanna-piscina-dando-tchauy

Simplesmente amor <3

É semana de Natal, então no Café cultura dessa semana vai ter filme temático SIM! E por sinal é o meu preferido, aguentem!

cafe-cultura

Simplesmente amor foi lançado em 2003, é uma comédia romântica com tema natalino e conta com um elenco de super peso, incluindo Hugh Grant, Colin Firth, Alan Rickmann, Keira Knightley, Rodrigo Santoro e outros maravilhosos.

simplesmente-amorO filme conta a história de várias famílias/pessoas separadamente e que se cruzam semanas antes do natal.

O novo Primeiro-Ministro do Reino Unino eleito, se apaixonando pela sua secretária.
Enquanto um escritor que recentemente foi traído foge para o sul da França para se distrair.
Karen desconfia que seu marido pode estar tendo um caso com sua colega de trabalho, enquanto ajuda o amigo que acaba de ficar viúvo a cuidar de seu enteado.
Ao mesmo que Juliet tenta entender porquê Mark foge tanto dos questionamentos sobre o vídeo do casamento dela e do melhor amigo dele.
Billy Mack faz o impossível para voltar a se promover e coloca letras a mais em melodias curtas, tentando ser o número 1 nas rádios naquele natal, enquanto Sarah tenta de tudo uma chance para sair com Karl, sua paixonite secreta.

Digno de várias reviravoltas e fofurinhas que só filmes água com açúcar nos proporcionam, esse filme nos lembra de que é preciso sempre um pouquinho de amor, não importa como, não importa o tempo.
Nele vemos que cada um dos personagens arruma um jeitinho pra amar de novo, mesmo que esteja totalmente desacreditado. Por que no final de tudo, o amor está em todo lugar. 

Espero que gostem, aproveitem e amem muito (não só no natal!).  Beijocas!

billy

Tudo sobre minha mãe

Hoje tem café, tem filme e tem Almodóvar, meu querido e polêmico! ❤

Vamos para mais um:

cafe-cultura

O filme de hoje é Tudo sobre minha mãe. Lançado em 1999 com direção de Pedro Almodóvar e atuação lindíssima de Cecília Roth, Penélope Cruz, Antonia San Juan e outras. É uma comédia dramática que envolve um assunto polêmico para a época que foi lançado (e para os dias atuais também).

todo-sobre-mi-madre

Esteban é um adolescente ligado à artes que vive com sua mãe Manuella. No seu aniversário de 17 anos, vai com sua mãe assistir uma peça de teatro e a mesma promete contar tudo sobre o seu pai, quando ao ir pedir um autógrafo para a atriz principal, sofre um acidente de carro, morre na hora.

Manuella desolada, vai então em busca do pai de seu filho, um travesti, para dar a triste notícia.

Passando por processos libertadores de aceitação da morte de seu único filho, reencontro com antigos amigos, com o ex-marido e principalmente, se envolvendo em novos dramas pessoais.

Almodóvar sabe trazer temáticas polêmicas de maneiras sutis e inseri-las da melhor maneira no cotidiano, óbvio que assistindo o filme hoje, dizemos que é de fácil compreensão, mas lembrem que o mesmo foi lançado 1999. E como estamos até hoje lutando contra a homofobia e transfobia, esse filme vem como um tapa de luvas. Além de trazer assuntos como HIV e drogas pesadas, que é tão importante conversamos também. Mas deixarei para outro café.

Assistam Tudo sobre minha mãe e me contem! Quero opiniões! Venham conversar comigo sobre!

Beijinhos, bom filme e bom final de semana!

lola

Os nossos meninos.

Olá meus queridos! Quanto tempo!

O papeando deu uma parada por que essa que vos escreve estava em um momento muito polêmico e querendo escrever sobre coisas que não fazem parte da proposta do blog. Desde que comecei aqui quis separar alguns assuntos e não trazer nada muito polêmico, gosto de manter o clima de amorzinho, pelo menos aqui.

PORÉM, trago novidades.

Papeando no Café agora tem uma nova categoria! – uhuuul –  Toda semana trarei dicas de filmes com resenhas para vocês,  e como eu sou uma pessoazinha com gosto diferente, as dicas normalmente serão de filmes europeus/latinos.  Vamos apenas lembrar que sou apenas uma apreciadora de filmes, tenho zero conhecimento e/ou entendimento de arte, venho aqui apenas como amadora indicar filmes legais. Ok? Sejam gentis.

Então sejam muito bem vindos ao:

cafe-fofo

Nosso primeiro filme será um Italiano que vi esse final de semana e fiquei fascinada:

OS NOSSOS MENINOS (I Nostri Ragazzi)

i-nostro-ragazzi

A história gira em torno de dois irmãos, Massimo e Paolo que tem personalidades completamente distintas, mas que por conta da tradição italiana de manter a família unida, jantam juntos uma vez por mês.  Enquanto Massimo ganha fortunas sendo advogado criminalista, o irmão Paolo, pediatra, vive criticando o modo como Massimo ganha dinheiro. Isso sem contar nas esposas, Sofia e Clara, que vivem em uma disputa desnecessária.

Quando seus filhos podem ter cometido um ato criminoso, toda a família é posta em xeque e começam a questionar seus deveres éticos e como resolver esse problema.

Um suspense cheio de intrigas psicológicas, envolvimentos sociais e familiares que nos faz questionar também, o que nós faríamos nessa situação? Traz a tona vários assuntos atuais e mexe principalmente com a tradicionalidade italiana, que é colocada em jogo, seguidas vezes.

Além da atuação maravilhosa, o filme foi excelente adaptado do livro O jantar de Herman Koch.

E vocês, até onde iriam pelos seus filhotes?

Bom filme pessoal! Beijocas

ragazzi-cafe