Sempre tem alguém que faz.

Eu tenho tremendo PAVOR em depender de outras pessoas para qualquer coisa. Isso inclui fazer trabalhos em grupo, trabalhar com muitas pessoas, ter grupos extensos de amigos e relacionamentos amorosos. Sim. Por que isso me faz ter que esperar pelas outras pessoas, e eu não sei esperar. Tenho esse péssimo hábito de querer resolver tudo sozinha sempre.

E a coisa mais engraçada disso tudo é: me irritar com outras pessoas que não estão se esforçando o tanto quanto eu para o mesmo trabalho em grupo. Esse é o principal motivo de detestar trabalhos que envolvem mais pessoas.

Sempre tive essa convicção na vida de que alguém sempre se dedica mais do que o outro, um sempre deseja mais do que o outro, etc. Em algumas circunstâncias é até cabível, mas em outras eu acho absurdo e desrespeitoso.

Todas as experiências que tive em trabalhos e coisas em grupo tiveram sempre um efeito estranho, e digo estranho pra não dizer ruim. Porque sempre tem quem não faz nada e quem faz demais, e não vou me colocar aqui como aquela que sempre faz demais porquê não sou santa e as vezes não faço nada também. Mas aí é que tá, sempre vai ter alguém que vai fazer. E esse é o problema.

As pessoas tem CERTEZA absoluta que SEMPRE VAI TER ALGUÉM QUE VAI FAZER AQUILO QUE ERA PRA ELA FAZER ao invés de levantar e fazer. 

Isso começa dentro de casa, porque a gente não arruma a cama porque a mãe vai arrumar. Não lava a louça porque a irmã vai lavar. Não põe a roupa pra lavar, porque a fulaninha vai por. E assim vai, em cadeia, POR TODA A VIDA.

Eu sei que tem gente que faz, vocês já tão aí se manifestando, AHH MAS EU FAÇO, ótimo. Vocês fazem parte do grupo: “sempre levanta e faz pelos acomodados que não fazem”. Sacou? Enquanto uns trabalham os outros descansam sem merecer. Desculpa, ces’t la vie.

Não tenho nada contra as pessoas que fazem nada, até porquê tenho meus dias de fazer nada também. Mas vamos combinar uma coisinha, podemos todos fazer nada, desde que a gente também FAÇA ALGUMA COISA. Não adianta nada fazer parte de um grupo de amigos, de trabalho, estar em um relacionamento, etc, se vai ser pra fazer nada, né?

Mostra pra que veio, porquê se veio só pra fazer nada, fica em casa. Ou nem se aplica pra isso, do contrário vai ser sempre lembrado como alguém que nada fez. E não sei vocês, mas acho que ninguém quer isso.

O mundo gira muito rápido pra gente ficar perdendo tempo fazendo nada, ou pior, fazendo coisas para as outras pessoas que estão fazendo nada. Vamos fazer por nós, levantar a bunda da cadeira, ir atrás. Porque gente acomodada é atraso de vida. E a vida é muito curta pra não ser bem aproveitada, né?

Uma ótima semana amados, cheia de inspirações, café e zero acomodações! Beijocass!

beyonce

 

Anúncios

Autor: Lu Bilhalva

Sou a Luiza e, assim como o café, gosto quando as coisas são fortes, intensas e quentes. Gremista não fanática, gaúcha, estudante de Psicologia, feminista e virginiana, além de adorar um papo, não nego um café e um chimarrão. Sou viciada em seriados, livros e filmes. Senti a necessidade de devanear nesse blog pra dividir um pouquinho da minha bagunça interna com o mundo. Dentro de um mesmo corpo há espaço para várias versões de mim mesma.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s