Narcisismo nosso de cada dia.

Oi amadinhos!

Chegou a hora do café para fechar bem essa semana. Então peguem suas xícaras e venham conversar sobre:

A SUPOSTA AUTO-CONFIANÇA POR TRÁS DAS SELFIES DIÁRIAS NAS REDES SOCIAIS. 

narciso

Eu sei, eu sei, parece um assunto nada a ver para se falar, mas dia sim e dia também vejo meu facebook se enchendo de selfies de homens e mulheres com frases motivacionais.

Não quero julgar ninguém, até porque não estou aqui para isso e até porque de vez em quando eu também posto.

O assunto hoje tá voltado para aquele tipo de foto que grita por aprovação. Do tipo: olhem pra miiiim, eu to aqui, tão vendo? To aqui no meu trabalho feliz da vida e querendo que todo mundo veja. 

Isso sempre foi uma coisa que me incomodou terrivelmente, porque eu nunca entendi a necessidade de se aparecer tanto em redes sociais. Mas ok, somos livres e fazemos o que queremos. Queria apenas levantar esse assunto sobre uma quem sabe falta de confiança do postante.

Digo isso porque se a foto não teve likes o suficiente, a pessoa vai postar novamente mais tarde, porque daí sim vai ter atingido o maior número de pessoas. Ou posta para mostrar pra alguém o quanto está bem, isso é bem normal depois de términos e tudo mais. Parece que se não fizer o post, nada disso do que está vivendo é de verdade, porque “ninguém está vendo ou sabendo”. Mesmo não fazendo sentido, porque quando um relacionamento acaba, cada um segue sua vida, não fica tentando mostrar pro(a) ex o quanto tá bem, ou esfregar o novo namorado(a).

Penso que ter uma exposição tão grande a opinião dos outros, provavelmente só vai te deixar pra baixo, porque estamos sobre CONSTANTE julgamento dos outros. Assim como vocês podem achar agora que estou julgando quem posta foto todo dia. Talvez postem porque gostem, porque se achem lindos e querem divulgar isso com o mundo. Ou quem sabe estejam buscando sua auto-afirmação no mundo, em que cada like faz valer a existência nesse mundinho, ou faz acreditar que é querido e bem aceito socialmente.

Só que o mundo não vê assim e vamos combinar, NÓS também não vemos assim. O mundo vê uma pessoa desesperada por atenção e querendo que olhem pra ela o tempo todo. Vê uma pessoa com uma suposta auto-confiança, digo suposta, porque precisa se auto afirmar em cada foto que posta todo dia, com alguma mensagem motivacional, ou legendas do quanto está feliz. Buscando a aceitação e reconhecimento do outro, num sentido de narcisismo desesperado em corresponder à curiosidade alheia.

Eu sempre converso com várias pessoas sobre esse tema, porque temos amigos em comum que fazem isso, e no final da conversa sempre sai um, MAS PORQUE? Porque você faz isso moça(o)? Não precisa fazer isso. Pode fazer, óbvio, a rede social é sua. Só se lembra de que as pessoas podem estar vendo de uma maneira diferente da que você está postando, e que você não precisa dividir cada momento da sua vida com a rede social, as pessoas que importam vão estar junto ou saberão disso, sem precisar da afirmação constante.

Vou terminar dizendo que eu sei que é um assunto complicado, pessoas vão se sentir ofendidas e etcs, só que esse é um tema recorrente com quase todos os meus amigos, tanto homens como mulheres, então provavelmente eu não devo ser a única a ver isso. Podem levar o texto como uma crítica ao mundo que nos fez querer estar sempre em foco, ou por ele ser crítico demais. Mas entendam que não foi e nem é minha intenção criticar ninguém. É só a visão que temos sobre o exibicionismo extremo. Afinal de contas “somos todos narcisistas e, hoje, os espelhos são as redes sociais”.

Deixo a polêmica para o final de semana, aproveitem muito e nos vemos na semana que vem, pra mais um café, okay?

Beijoquinhas!

snow white

Anúncios

Autor: Lu Bilhalva

Sou a Luiza e, assim como o café, gosto quando as coisas são fortes, intensas e quentes. Gremista não fanática, gaúcha, estudante de Psicologia, feminista e virginiana, além de adorar um papo, não nego um café e um chimarrão. Sou viciada em seriados, livros e filmes. Senti a necessidade de devanear nesse blog pra dividir um pouquinho da minha bagunça interna com o mundo. Dentro de um mesmo corpo há espaço para várias versões de mim mesma.

Um comentário em “Narcisismo nosso de cada dia.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s