A dor da despedida

Olá queridos!

Vamos pegando o café, sentando e relaxando porque hoje o nosso papo vai ser um pouco mais intenso, mas igualmente lindo. Tá?

caminho-de-luz2

Ontem uma grande amiga minha perdeu um amigo e colega de trabalho, a morte chegou para ele, relativamente cedo, visto que ainda era novo. E a morte é sempre um assunto que nos faz pensar muito, porque a morte de um amigo, familiar e até bichinho de estimação é muito sofrida, porque “nunca mais vamos encontrar com aquela pessoa e compartilhar bons momentos.”

Como vocês já devem saber pelas outras postagens, eu sou espírita. Logo a minha visão sobre a morte, é um pouquinho diferente. Mas isso não quer dizer que eu ache ela menos dolorida ok?

A visão espírita sobre a morte é a seguinte: nós não morremos. Somos seres espirituais, feitos de luz e amor, o que morre, é apenas nosso corpo físico. Só que nós não somos só corpos físicos, somos espírito também. Diante disso, temos a vida eterna. Então quando a morte chega, nós fazemos a passagem para a vida espiritual e lá encontramos todas as pessoas que nos são queridas e amadas. Legal né?

E esse é um assunto que realmente mexe comigo, porque eu sou um tanto quanto apegada as pessoas da minha volta, e sempre sofro por antecipação pela possibilidade de perder alguém. Quando converso com a minha mãe sobre isso, sempre digo que não sei como vou reagir quando ela se for, mesmo sabendo que ela vai estar sempre comigo em espírito e sabendo que vou encontrá-la do outro lado quando eu me for.

Juro que tento que preparar, porque eu sei que existe um outro lado e que logo vamos todos nos encontrar lá. E acho que é essa a mensagem que eu queria trazer hoje.

A morte é uma coisa dolorida, mas ela é pior só pra quem fica. Quem se vai, encontra a paz e a luz que necessita, encontra a calma e a tranquilidade. Nós é que precisamos aprender a lidar com as faltas. Óbvio que são doloridas, e que a saudade é natural, mas é preciso entender que é apenas um até logo. E que nosso queridos estarão sempre próximos de nós, nos enchendo de amor e paz.

Um livro legal que ajuda a entender essa passagem espiritual é um livro do James Van Praagh, chamado Espíritos entre nós, ele fala como podemos aprender a lidar com a perda de entes queridos, com histórias super emocionantes e arrepiantes. E sem dúvidas se quiserem saber mais sobre isso ou sobre o espiritismo é só acessar aqui.

Espero que com essa mensagem eu possa ter ajudado de uma maneira geral a todos vocês verem a morte como uma breve despedida, óbvio que dentro da crença de cada um.

Um beijo enorme e cheio de luz, seus lindos!!

ian

Anúncios

Autor: Lu Bilhalva

Sou a Luiza e, assim como o café, gosto quando as coisas são fortes, intensas e quentes. Gremista não fanática, gaúcha, estudante de Psicologia, feminista e virginiana, além de adorar um papo, não nego um café e um chimarrão. Sou viciada em seriados, livros e filmes. Senti a necessidade de devanear nesse blog pra dividir um pouquinho da minha bagunça interna com o mundo. Dentro de um mesmo corpo há espaço para várias versões de mim mesma.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s